INSTRUÇÕES SIMPLES PARA INICIAR O DESENHO DA CABEÇA HUMANA

Por George Bridgman
Os textos que estiverem entre parênteses são observações minhas. Desculpe, não resisti. 
O DESENHO DA CABEÇA
Inicialmente o estudo da cabeça deve ser abstrato, ou seja, devemos esquecer tudo o que distingue uma cabeça de outra e pensar nas massas que são comuns a todas elas. As cabeças são aproximadamente do mesmo tamanho. Cada uma é arquitetonicamente concebida, construída e equilibrada; cada uma é uma estrutura monumental.
A princípio devemos conceber mentalmente a cabeça como um cubo, ao invés de uma forma oval ou em forma de ovo, assim somos capazes de fazer cálculos simples e concretos (clique nas imagens para ampliar).

Comece desenhando com linhas retas o esboço geral da cabeça (os contornos externos).



Em seguida, desenhe a direção geral do pescoço do seu centro, um pouco do pomo de Adão (a goela), para a pequena cova na junção dos ossos da clavícula (no ponto em que se ligam com a cabeça do esterno) . Agora delineie o pescoço comparando a sua largura e comprimento, com a cabeça.

Desenhe uma linha reta (vertical) ao longo do comprimento da face, passando-a através da raiz do nariz, que está entre os olhos, e através da base do nariz onde está o centro do nariz e do lábio superior.

Desenhe outra linha (dessa vez horizontal) a partir da base da orelha em um ângulo reto (cruzando) com a linha que você acabou de desenhar.  
 
Na linha (vertical) que passa através da face marque a posição dos olhos da boca e do queixo. Depois trace (mais algumas) linhas que são paralelas com a linha que foi usada para marcar a orelha (na horizontal), logo estas ficam perpendiculares com a linha que passa pelo centro vertical da face.   
Essas linhas retas na verdade marcam os limites da testa , a sua parte superior e as laterais, e a borda superior das órbitas oculares. Em seguida, desenhe uma linha (horizontal) a partir de cada osso da bochecha (a parte inferior das órbitas) daí para o ponto mais largo (uma diagonal que descreve a aresta do rosto na altura do osso malar) e depois para o queixo,em cada lado correspondente marcando assim a aresta superior e inferior do queixo.
(Agora tudo junto, e se faltar alguma linha você acrescenta de acordo com o modelo acima...)

ACIMA E ABAIXO DO NÍVEL DOS OLHOS
Se a cabeça for desenhada na altura do nível dos olhos, as linhas que compõe a estrutura se cruzam em ângulo reto na base do nariz e se ambas as orelhas tiverem visíveis é só estender a linha da orelha através da cabeça e ela tocará a base de ambas as orelhas.
Considere a cabeça, como um cubo, as orelhas ficam de frente uma pra outra, sendo que cada uma se situa na sua lateral na altura do osso malar e a linha que perpassa a cabeça de orelha a orelha é como um espeto ou palito que atravessa tanto quanto percorre todo o entorno da cabeça.

Se a cabeça tiver acima do nível dos olhos, ou inclinada para trás, a base do nariz se situará acima da linha que vai de orelha a orelha. Ou no caso da cabeça estar abaixo do nível dos olhos ou inclinada para frente, a base do nariz estará abaixo da linha que vai de orelha a orelha. Em qualquer caso, a cabeça vai ser escorçada para cima ou para baixo, conforme a situação, e quanto maior for a distância que a cabeça estiver para acima ou para abaixo do nível dos olhos tanto maior será a distância entre a linha que vai de orelha a orelha e a base do nariz.
Você tem agora os limites do rosto e do plano da frente do cubo. As feições agora podem ser desenhadas dentro do cubo.
----------------
Espero que tenham gostado. Esse é um trecho de um trabalho maior de tradução que foi feito sobre o desenho da cabeça humana do Bridgman. Nas traduções procuro fazer uma adaptação que fique muito próxima do original (não me permito 'destoar' do que o autor escreveu, mas ainda assim me preocupo em fazer de um jeito que as explicações fiquem compreensíveis). Para saber mais clique aqui (inclusive para ver um preview do arquivo). Se você leva a sério a sua vontade de aprender a desenhar 'de verdade' então considere a possibilidade de estudar à fundo esse material.
Obrigado pela visita, nos ajude divulgando esse blog para os seus amigos e deixe um comentário pragente, vai...  

Nenhum comentário: