VOCÊ PODE DESENHAR STAR WARS

Tomando como ponto de partida o livro publicado pela editora Dorling Kindersley Publishers Ltd: You Can Draw Star Wars de Bonnie Burton, Matt Busch fez uma série de vídeos mostrando na prática a "mágica" de desenhar Star Wars, quando assisti fiquei na dúvida se estava me divertindo ou aprendendo. Digo que aprendi, por que os vídeos mostram o artista desenhando, fazendo a preparação para o início do desenho, a escolha da composição (iremos falar disso mais tarde), a escolha das referências, os materiais empregados a técnica na hora do desenho, no segundo vídeo ele trás informações importantíssimas sobre luz e sombra que saltam aos olhos. Me diverti por que os vídeos são conduzidos com bom humor e tratam de desenho (lógico)! Ah, deixa de conversa fiada, assista e tire suas próprias conlusões. No final deixe um comentário sobre as suas impressões, e por favor indica agente para os seus amigos. -Essa causa precisa de você!! --Aos vídeos...

How To Draw STAR WARS: Episode 1- PREPARATIONS!

How To Draw STAR WARS: Episode 2- LIGHT AND SHADOW!

Tem mais, para ver os outros vídeos clica aqui. mais uma coisinha, por favor prestigiem os nossos patrocinadores.

ERA SÓ O QUE FALTAVA...

-ARQUIVO REUPADO!
Agora não falta mais, se o livro do Andrew Loomis é muito bom em inglês, fica muito melhor em Espanhol (é bem mais fácil assimilar o conteúdo!) -Não perca tempo baixe o livro agora mesmo!!
clique na imagem para iniciar o download
Se você quiser saber mais sobre esse livro e o seu autor, é só ir no marcador download no post "QUEM FOI ANDREW LOOMIS?!?".
Postagem originalmente publicada em 28/03/08 - 16:46h

ANATOMIA HUMANA PARA DESENHISTAS

Postagem revisada - novo link incluído

O livro acima é um dos títulos mais importantes já publicado sobre anatomia humana para artistas em língua portuguesa. Também é recomendado por todas as escolas de artes, quadrinhos e artistas profissionais em geral. Esse título é leitura obrigatória para todo artista/desenhista que quer entender e dominar o desenho da anatomia humana. Apesar desse status todo já faz muito tempo que está fora das prateleiras das livrarias do nosso Brasil varonil. A seguir faço algumas considerações sobre ele:

POSES PARA DESENHO

Recebo de vez em quando alguns e-mails de desenhistas me perguntando sobre poses de ação e o possível lugar onde encontrá-los. Tive que parar tudo o que estava fazendo e iniciar uma pesquisa sobre esse assunto. Logo nas primeiras buscas um autor que se destaca é Buddy Scalera com uma série: Comic Artist's Photo Reference, veja a imagem abaixo de um dos livros:

AVISO!


Após detida revisão de todos os links que são publicados nesse blog acreditamos ter corrigidos todos os problemas de redirecinamentos errados. Entretanto se porventura encontrarem mais algum que eventualmente tenha escapado, por favor notifiquem nos comentários da postagem problemática para que as correções sejam providenciadas imediatamente.
Desde já agradecemos a todos os visitantes e parceiros do blog pela paciência e por terem nos informando os problemas.

Renato.

DOCUMENTÁRIO WILL EISNER

Foi notícia no uol:

Documentário mostra o legado de Will Eisner para a arte
Por: Alessando Gianini
Editor Uol Cinema
Criador do Spirit e do conceito de graphic novel, Will Eisner (1918-2005) é uma referência dentro e fora do mundo dos quadrinhos. "Will Eisner: Retrato de Um Artista Sequencial", que o 13o. Festival de Cinema Judaico exibe hoje (para ver a programação clique aqui), comprova a tese com folga. Realizado ao longo de anos por Andrew Cooke, o documentário traz depoimentos de colegas de profissão e escritores que atestam a influência do artista americano, autor de "Um Contrato com Deus" (1978), "Nova York, a Grande Cidade" (1986), "O Edifício" (1987) e "Pessoas Invisíveis" (1993).

TUTORIAL SOBRE DRAPEADO

LINKS CORRIGIDOS!!
Publicado originalmente em março de 2008.
Drapeado é como chamamos as rugas e deformações que se dão em panos, tecidos e roupas que usamos. Exitem livros inteiros que tratam desse assunto, um exemplo é o livro do Burne Hogarth: Dynamic Wrinkles and Drapery: Solutions for Drawing the Clothed Figure. Este livro pode ser adquirido na Livraria Cultura...
...Entretanto enquanto você aguarda o seu livro chegar, você pode ir estudando por esse tutorial desenvolvido por Ron Lemen que o site creativespotlite.com disponibiliza gratuitamente, só que lá eles disponibilizam página por página, aqui para sua comodidade disponibilizamos em uma única pasta compactada para você baixar tudo imediatamente. É só clicar na figura abaixo para começar o download.

HOW TO DRAW THE FEMALE FIGURE

Parece até postagem repetida. Entretanto considero que esse seja um tema muito importante e que convenhamos, tem atormentado a vida de muita gente. Aos vídeos:
O próximo vídeo é fantástico, tanto que estamos disponibilizando para download. Ficou interessado? então clique aqui e comece o download agora mesmo!!

CONCEPT DESIGN

Fonte da imagem: thegnomonworkshop (Concept Design em perspectiva de um ponto de fuga, Art by Feng Zhu)
O título dessa postagem é um termo que está aparecendo corriqueiramente na Internet. Mas o que é isso? O que isso faz? Será que é importante? Isso é o que nós vamos ver na postagem de hoje...
Antes de mais nada, vamos estudar os conceitos (extraídos do wikipedia - que é meio informal todavia, atende aos nossos propósitos!). Eis os termos:

BONECO ARTICULADO

LINKS CORRIGIDOS!!


O manequim articulado, em geral de madeira, já foi... hum, bem, ehr, quer dizer... é um instrumento muito utilizado por desenhistas e artistas profissionais, ele é concebido de acordo com as proporções ditadas pelo padrão da figura humana e com um sistema de articulação que permite a reprodução de todas as posições em que um homem ou uma mulher possam ficar, em repouso ou em movimento de forma que se torne possível realizar estudos artísticos de desenhos, ou esboços para outras composições. Além disso o sistema de articulação é montado de modo a não permitir os movimento que o nosso corpo não pode realizar.
O modelo inanimado ajuda a possibilitar um maior tempo de estudo, em posturas diversas que seriam incômodas para uma pessoa, além de guardar a vantagem econômica de não ser necessário o pagamento de um modelo-vivo. Um fato curioso é que este tipo de recurso já vem sendo utilizado há aproximadamente uns 500 anos.

-ACTION!!

Recentemente encontrei um site de animação e storyboard do artista Sahin Ersoz. Suas amostra para THE SPECTACULAR SPIDER-MAN animated show são alguns dos melhores storyboads de ação que já vi.Os desenhos são cheios de ação, profunidade (veja perspectiva) e dinâmicos, enfim, são uma verdadeira inspiração.Adoro o modo como os desenhos são soltos, embora tenha como ponto forte uma construção elaborada.A melhor parte sobre o seu site é que você pode assistir a um pequeno filme em storyboards em um player. Quando visto em seqüência, até parecem como se eles praticamente já estivessem sido animados!Estes quadros passam pelo teste mais difícil: poder compreender a história sem leitura ou audição de qualquer palavra ou diálogo, somente através da construção de cenas e descrição de personagens. É fantástico! Há também storyboards e seqüências de Hellboy, Lilo e Stitch, e muito mais. Recomendo que que vocês visitem e tirem suas próprias conclusões.
Fonte: cartoonsnap.blogspot (Façam uma visitinha, tem muita coisa bacana, inclusive de um tal de Jack Kirby, alguém aí conhece? -brincadeiriiiinha...)
Tradução e adaptação: Renato Silva

PAISAGEM PARA TODOS OS GOSTOS

Agora bem mais animado com os recentes comentários, estamos de volta com uma coisinha mais light só para espairecer um pouco. Seguinte, vez ou outra nós precisamos fazer uma paisagem, mas aí nos deparamos com a folha de papel em branco e nos perguntamos: -E agora por onde começar esse rascunho??

DESENHO DE RETRATOS

Bom dia desenhistas. Enquanto o pessoal não comenta as postagens nós ficamos aqui, quietinho, lendo os livros e estudando. -Quer ver um blogueiro motivado? Comenta! Divulga o trabalho, essas coisas fazem agente muuuuito feliz!! Atualmente estou estudando perspectiva. Já tenho dois capítulos traduzidos pela Ana (que faz parte da nossa comunidade dos Desenhistas Autodidatas no Orkut e que se empenhou rapidinho em trazer sua parte traduzida) também já tenho mais cinco capítulos do livro do David Chelsea traduzidos por mim. (A intenção é socializar pro pessoal os textos traduzidos na nossa comunidade no Orkut, aguardem...

DESENHANDO RETRATOS (DRAWING PORTRAIT)

Em recentes pesquisas pela internet encontrei um site muito bacana e bastante instrutivo que com certeza vai ajudar muita gente. Entretanto antes de entrar no mérito da questão (desenhar retratos) fico pensando na dificuldade que muitas pessoas tem em fazer um retrato (não me excluo destes). Segundo Betty Edwards o problema é ver, conforme diz:
"desenhar é sempre a mesma tarefa - isto é, todo desenho requer as mesmas habilidades básicas de percepção que você está aprendendo. Excluindo-se a complexidade, nenhum assunto é mais fácil ou mais difícil que o outro". (Edwards, 2005, p.182).

ESTUDO DE CABEÇA PADRÃO

São várias as medidas e as proporções da cabeça humana. Não obstante, é mais conveniente ao artista lembrar uma escala de proporções simplificada e construída a base de termos médios para suas medidas básicas.
A cabeça vista de frente cabe perfeitamente em um retangulo cuja largura tem três divisões e a altura três vezes e meia. Esta escala deixa algum espaço na borda exterior das orelhas. A metade da medida dessas unidades nos dão o lugar dos olhos, (ou seja os olhos “via de regra” se localizam na metade do retângulo) do nariz e ajudam-nos a localizar a boca, e situa também a linha dos olhos a metade da divisão da cabeça desde a extremidade superior da cabeça até a base, como deve ser, e como é na maioria dos rostos. Este método de medição em unidades estabelece a linha do cabelo e as três divisões frontais do rosto. A cabeça de perfil cabe exatamente em um quadrado de três unidades e meia (na figura vista de perfil). Você pode estabelecer suas próprias unidades; o que importa são as proporções.

VIAGEM NO TEMPO

Estes filmes aqui apresentados tem de fato uma aparência muito tosca, entretanto mexe com muita gente por aí. Foi produzido com um orçamento limitadíssimo duranto os idos de 1960. A proposta era fazer frente ao Batman estrelado por Adan West, e vejam o que saiu!

HUMAN ANATOMY - PROPORTION

clique na imagem para ampliar
O Bruno na comunidade "Desenhistas" no orkut publicou um link para essa imagem acima. Muito bacana não é mesmo...

Acontece que essa imagem me fez lembrar de uma ferramenta que é muito utilizada por artistas para desenvolver esboços de desenho, é o "Esfolado de Houdon", o nome da obra original é: l'Écorché (Flayed Man, em inglês) de Jean-Antoine Houdon, obra de 1767.

PIN-UP - A GAROTA DO CALENDÁRIO


Elas têm animado gerações de homens. Fez os soldados americanos da segunda guerra mundial sonharem em pleno campo de batalha. O que começou como um exercício de óleos logo foi tomando rumos diferentes, alcançando as fuselagens das máquinas dos combatentes e tornando-se uma característica essencial do mundo masculino de garagens e casernas.

Falar sobre as pin-ups é voltar ao fim do século 19, época em que o teatro de revista transformava dançarinas em estrelas, fotografadas para revistas, anúncios, cartões e maços de cigarros. Em Paris, dois artistas, Alphonso Mucha e Jules Cheret, criaram as primeiras imagens de mulheres em poses sensuais para pôsteres, com trabalhos marcados pela presença de contornos e detalhes. A arte dos pôsteres virou escola e influenciou artistas até as primeiras décadas do início do século 20, quando os calendários também passaram a trazer desenhos de mulheres com silhuetas idealizadas pela imaginação masculina da época. E é justamente a partir do ato de pendurar ilustrações nas paredes que o nome pin-up (em inglês, pin up) surgiu. Foi na década de 40, contudo, que as pin-up girls (ou “garotas penduradas”) viveram o auge do sucesso. Numa época em que mostrar as pernas era atitude subversiva e ser fotografada nua, atentado ao pudor, lápis e tinta davam forma a essas mulheres, carinhosamente chamadas de “armas secretas” pelos soldados americanos - na Segunda Guerra Mundial, elas serviam de alívio para os pracinhas que arriscavam a vida nos campos de batalha. Betty Grable foi uma das mais populares dentre as primeiras “pin-up's”. Um de seus posters (vide acima) tornou-se onipresente nos armários destes soldados. O conceito das garotas pin-up era bastante claro: eram sensuais e ao mesmo tempo inocentes. A verdadeira pin-up jamais poderia ser vulgar ou oferecida, apenas convidativa. Asseguradas pelos traços sofisticados vindos da art-nouveau, elas vestiam peças de roupa que deixavam sutilmente à mostra suntuosas pernas e definidas cinturas. Era o bastante para alimentar a fantasia dos marmanjos. Das ilustrações de papel, as pin-up's logo ganharam vida ao serem encarnadas por atrizes como Betty Grable e Marilyn Monroe, ou fotografadas por modelos voluptuosas como Bettie Page, também chamada de “rainha das curvas”.A partir dos anos 70, a indústria do sexo passou a desmanchar a aura misteriosa dessas mulheres, graças a filmes pornográficos e revistas de nu feminino.
Fonte: olavosaldanha
Bom dia pessoal, estamos de volta (Ufa!!). Fomos bem sucedidos no projeto em que estávamos trabalhando durante a (loooooonga) ausência. Por isso voltamos animados e cheio de gás pra 2009. De cara nós iniciamos com as garotas das pin-up's. Elas são fantásticas. Entretanto é o trabalho dos artistas que me chama a atenção: a minuncia, os detalhes, a beleza. Enfim, coisa de gênio. Segue para download arquivo com 200 imagens jpg com resolução 300x600. CLIQUE AQUI e comece a baixar agora mesmo.