MINÚCIAS DO DESENHO DA CABEÇA HUMANA

São notáveis as observações do Andrew Loomis quanto ao estudo do desenho da cabeça humana, suas considerações são precisas e às vezes ele até parece repetitivo, entretanto esse é uma detalhe que faz com que seu material seja extremamente didático; ele só passa para a próxima parte depois de assegurar que o que já foi explicado esteja realmente compreendido. Deixemos o homem falar...
Agora que você já conhece a forma em que as linhas de construção estão apoiadas na cabeça, analise rostos e crânios.

Estude sempre a configuração óssea e a localização dos pormenores (olhos, boca, nariz). Depois procure as formações e volumes nas bochechas (a forma como os músculos se apresentam), em torno da boca e os olhos. Estas formações são facilmente localizadas. Observe a proeminência do osso zigomático e se estão acentuados por sombras embaixo deles. Estude o nariz e a formação das aberturas do nariz, os lábios, e as rugas entre os lábios e as bochechas. Siga as formas ao longo do queixo e em torno da linha da mandíbula. Estas características gerais, junto com a forma inteira da cabeça, importam mais que a delineacão fotográfica da cada centímetro quadrado de superfície. Nesta nível de estudos os idosos são mais interessantes que os jovens, já que as características tiveram tempo de se desenvolver.

Nenhum comentário: