A CONSTRUÇÃO DA CABEÇA SEGUNDO ANDREW LOOMIS

Continuando de onde paramos na postagem "A IMPORTÂNCIA DO TODO EM RELAÇÃO ÀS PARTES":
Baixando igual distância desde o ponto da união, obtemos a altura do nariz, já que a distância desde a ponta do nariz até as sobrancelhas é, por conseguinte, igual à altura da testa. Medindo a mesma distância para abaixo, obtemos a base do queixo, porque a distância desde a base do queixo até a base do nariz iguala o espaço que há entre esta e as sobrancelhas, e desde este ponto até a linha do cabelo. Daí que temos três espaços, todos iguais, desde a linha média “inicial” do rosto. sugiro a você que peguem papel e lápis e comeceis a desenhar essas cabeças, as inclinando em todas direcções. Esta será vossa primeira tarefa. O que for feito agora afetará todo o que vocês farão em adiante . A figura abaixo indicará a colocação correcta dos pormenores (olhos, boca, nariz e orelhas). A localização é mais importante que o desenho dos pormenores propriamente dito.

Não importa que nesta etapa os pormenores não estejam corretos. É necessário localizá-los nas linhas de construção, de maneira que os dois lados do rosto sejam semelhantes, seja qual for o ponto de vista.

Nenhum comentário: